Dr.Victor Palma
CIRURGIA VASCULAR
HomeCurrículoProcedimentosCheck-UpContato
Consequências
Riscos Vasculares
H.A. Secundária
H.A. e o Diabetes
H.A. e o Colesterol
Infância e a H.A.
Mulheres e a H.A.
Idosos e a H.A.
Situações Especiais
Tratamento da H.A.
Mulheres e a H.A.

 

As mulheres assim como os homens, com a idade aumentam os níveis da pressão arterial. Até os 50 anos de vida e coincidentemente com o início da menopausa, a prevalência da hipertensão arterial é significativamente menor nas mulheres que nos homens. Já a partir dos 50 anos essa realidade inverte-se e as mulheres passam ter maiores riscos de desenvolver a hipertensão arterial.

Anticoncepção hormonal e a hipertensão arterial

O efeito dos anticonceptivos orais sobre a pressão arterial tem sido objeto de amplos debates há décadas. Existem correntes que acreditam que o aumento da pressão arterial associado especialemente principalmente a primeira gestação de alto risco, todavia com os avanços atuais no cuidado da gestação diminuem muito os riscos.

O que acontece com a pressão arterial na gravidez?

A pressão arterial durante a gravidez pode sofrer mudanças normais. Contudo em algumas ocasiões, por anomalias, pode-se produzir uma elevação na pressão arterial e dela produzir muitas consequências negativas a mamãe e o bebê. Pode acontecer também da mãe antes da gravidez foi hipertensa e então é preciso que ela vigie sempre a sua pressão arterial. 

Por que na menopausa é mais frequente o surgimento da hipertensão arterial?

Com o aumento da idade conjuntamente com a carga hereditária, o aumento da pressão arterial acaba surgindo junto com a menopausa. Isso deve-se principalmente ao déficit e estrógeno, ainda que também existam outros fatores relacionados como: aumento de peso, alimentação inadequada, sedentarismo.